Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, JACAREI, Mulher, de 26 a 35 anos, Portuguese, English, Música, Arte e cultura, Viagens
MSN - manga_roosa@hotmail.com



Histórico
 15/10/2006 a 21/10/2006
 17/09/2006 a 23/09/2006
 30/07/2006 a 05/08/2006
 02/07/2006 a 08/07/2006
 25/06/2006 a 01/07/2006
 07/05/2006 a 13/05/2006
 26/02/2006 a 04/03/2006
 12/02/2006 a 18/02/2006
 05/02/2006 a 11/02/2006
 29/01/2006 a 04/02/2006
 01/01/2006 a 07/01/2006
 25/12/2005 a 31/12/2005
 18/12/2005 a 24/12/2005
 11/12/2005 a 17/12/2005
 27/11/2005 a 03/12/2005
 20/11/2005 a 26/11/2005
 30/10/2005 a 05/11/2005
 09/10/2005 a 15/10/2005
 02/10/2005 a 08/10/2005
 25/09/2005 a 01/10/2005
 18/09/2005 a 24/09/2005
 28/08/2005 a 03/09/2005
 21/08/2005 a 27/08/2005


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 Jujubinha Cover
 O Menino Azul
 HEPA_C
 ~Sra. Tempo~
 ...algumas pegadas.
 Corrente Ascendente
 Contraindicados para diabéticos
 Mundo de Cetim
 A mosca
 *Fake Plastic Tree*
 Jornalista Incidental
 Cinderela - amiga linda
 Para_Raros
 Helio Hintze
 Ñ consigo ir embora de mim a pé...
 Plenos Pecados
 Folha Caída
 Recando de Ventos e Alma
 Carnavalha - Artur Gomes
 Thiago Ponce
 Luzes da Cidade
 Cartas Íntimas
 O Carcere das Asas
 Nadiejo


Single Thought
 

* InteR_RupçãO*

Há coisas assim, cegueira inclemente da frivolidade contida!!!

Há dias assim, há dias assados, há sóis por todos os lados a

dilacerar-nos as entranhas, aquecendo-as...

mas qual dia há de haver poesia em minha alma tardia???

Vão-se os anéis e os dedos anelares contorcem-se à mercê das mãos

- desprovidas de tato...

Olfativamente só sente o cheiro da ausência ‘cedida’...

duelo franco e raso, aliterações e linguagem contida,

olhares seguros, marchas rumo ao ‘nada’...

quando o TUDO ali está:

A exibir-se e queimar-nos a retina da lembrança viva...

O FoGO a brindar-nos com a luz e aquecimento,

mas qual lamento trouxera a amargar-lhe o fígado!!!

Amar é carregar o peso pesado do “AmoR” ...

Mas há sempre um dia em que a ‘casa cai’ e a regra três finda com a esperança...

Que há de haver no fundo da caixa de pandora???

Abri-la-emos no momento oportuno, se ainda houver ‘amor’ ...

e dela retiraremos todo encanto e esplendor -

- pra reassumirmos a beleza contida na arte da vida vivida!!!

Por hora não!!!

Por hora cá fico...

escravizo meus anseios e sentencio-os ao vazio sem flores,

nem dores, tampouco velas e violões...

Hoje é languidez e imensidão...

AmoR_tecendO a queda livre na evolução terrena...

Como em dias livres, sigo sob amarras...

Como em *Prometeu*  o mito, delimita a "arte",

na eterna arte da: *InteR_Rupção*

Luz X Escuridão

Lusco-fusco

*InteR_Rupção*

 



Escrito por Nana às 17h08
[] [envie esta mensagem]




[ ver mensagens anteriores ]