Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, JACAREI, Mulher, de 26 a 35 anos, Portuguese, English, Música, Arte e cultura, Viagens
MSN - manga_roosa@hotmail.com



Histórico
 15/10/2006 a 21/10/2006
 17/09/2006 a 23/09/2006
 30/07/2006 a 05/08/2006
 02/07/2006 a 08/07/2006
 25/06/2006 a 01/07/2006
 07/05/2006 a 13/05/2006
 26/02/2006 a 04/03/2006
 12/02/2006 a 18/02/2006
 05/02/2006 a 11/02/2006
 29/01/2006 a 04/02/2006
 01/01/2006 a 07/01/2006
 25/12/2005 a 31/12/2005
 18/12/2005 a 24/12/2005
 11/12/2005 a 17/12/2005
 27/11/2005 a 03/12/2005
 20/11/2005 a 26/11/2005
 30/10/2005 a 05/11/2005
 09/10/2005 a 15/10/2005
 02/10/2005 a 08/10/2005
 25/09/2005 a 01/10/2005
 18/09/2005 a 24/09/2005
 28/08/2005 a 03/09/2005
 21/08/2005 a 27/08/2005


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 Jujubinha Cover
 O Menino Azul
 HEPA_C
 ~Sra. Tempo~
 ...algumas pegadas.
 Corrente Ascendente
 Contraindicados para diabéticos
 Mundo de Cetim
 A mosca
 *Fake Plastic Tree*
 Jornalista Incidental
 Cinderela - amiga linda
 Para_Raros
 Helio Hintze
 Ñ consigo ir embora de mim a pé...
 Plenos Pecados
 Folha Caída
 Recando de Ventos e Alma
 Carnavalha - Artur Gomes
 Thiago Ponce
 Luzes da Cidade
 Cartas Íntimas
 O Carcere das Asas
 Nadiejo


Single Thought
 

"Grito Mudo a andarilhar"...

Na encosta do moro de Antonio

Lá pelas tantas do dia

Faço-me em sonhos Maria

Anarquizando sôfregos abandonos

 

 Requisito todos os santos

Viabilizo outros tantos

Só pra não perder o tom

Do dom que de Deus herdara

 

 Andarilhar sob sol nas ventas

Sob vento de luz "atenta”

Ao singular ser que me conduz...

 

Quero de "mim" ser eu mesma 

Que de dor há já muita contenda

Quero antes e a qualquer preço

Fazer-me de novo encanto

Clamando todos sacramentos

Pra profanar o tédio e exceder no pranto

Dando salvo conduto e à dor acalento!!!

  

 A mim cabe a desordenagem

Aquela que requer liberdade

O tão sonhado livre arbítrio

Sentimentos e sonhos aflitos

 

Que rolem todos os daRdos

Sobrepondo-se aos faRdos tolos

Roteiros e ledos enganos,

Dum mundo redondo e profano

Que de agora, resta-me tão somente

O infinito das horas a enfadar-me!!!

(11/12/2005)



Escrito por Nana às 03h53
[] [envie esta mensagem]




[ ver mensagens anteriores ]