Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, JACAREI, Mulher, de 26 a 35 anos, Portuguese, English, Música, Arte e cultura, Viagens
MSN - manga_roosa@hotmail.com



Histórico
 15/10/2006 a 21/10/2006
 17/09/2006 a 23/09/2006
 30/07/2006 a 05/08/2006
 02/07/2006 a 08/07/2006
 25/06/2006 a 01/07/2006
 07/05/2006 a 13/05/2006
 26/02/2006 a 04/03/2006
 12/02/2006 a 18/02/2006
 05/02/2006 a 11/02/2006
 29/01/2006 a 04/02/2006
 01/01/2006 a 07/01/2006
 25/12/2005 a 31/12/2005
 18/12/2005 a 24/12/2005
 11/12/2005 a 17/12/2005
 27/11/2005 a 03/12/2005
 20/11/2005 a 26/11/2005
 30/10/2005 a 05/11/2005
 09/10/2005 a 15/10/2005
 02/10/2005 a 08/10/2005
 25/09/2005 a 01/10/2005
 18/09/2005 a 24/09/2005
 28/08/2005 a 03/09/2005
 21/08/2005 a 27/08/2005


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 Jujubinha Cover
 O Menino Azul
 HEPA_C
 ~Sra. Tempo~
 ...algumas pegadas.
 Corrente Ascendente
 Contraindicados para diabéticos
 Mundo de Cetim
 A mosca
 *Fake Plastic Tree*
 Jornalista Incidental
 Cinderela - amiga linda
 Para_Raros
 Helio Hintze
 Ñ consigo ir embora de mim a pé...
 Plenos Pecados
 Folha Caída
 Recando de Ventos e Alma
 Carnavalha - Artur Gomes
 Thiago Ponce
 Luzes da Cidade
 Cartas Íntimas
 O Carcere das Asas
 Nadiejo


Single Thought
 

Outside

“Que fazer agora, além de ater-me

(out side) do lado de “fora”,

à margem de tudo quanto brilha

como as luzes das cidades de agora...

Preciso criar, urgentemente, um pano de fundo,

Um objeto qualquer, um hobby, um prazer...

Algo que amenize esse desencanto,

esse desprazer

Algo que vivifique meu mundo

e dê sustentação a meu ser...

 

Que ignóbil e covarde fui,

Mergulhei de encontro ao fundo

Do fundo de um lago sujo...

No entanto, que pena e desperdício,

Sabia desde o início,

Tratar-se de um vale sem águas...

Então, já no fim do ato único,

Depus meu sorriso a prego,

Sorrio, não nego!!!

Mas hoje, por culpa do “ontem”,

Alguns poucos segundos irreais,

Acreditem, por dentro,

Já não sorrio mais!

 

A febre tomou-me sua,

Sinto o gene suicida,

Emerge em mim a imensa ferida

Que eu mesma semeei...”

 

(Nana, 25/12/96)

 



Escrito por Nana às 20h54
[] [envie esta mensagem]




[ ver mensagens anteriores ]